terça-feira, junho 24, 2008

DESPERTAR


JOSÉ RÉGIO




Soneto de amor



Não me peças palavras, nem baladas,


Nem expressões, nem alma...Abre-me o seio,


Deixa cair as pálpebras pesadas,


E entre os seios me apertes sem receio.



Na tua boca sob a minha, ao meio,


Nossas línguas se busquem, desvairadas...


E que os meus flancos nus vibrem no enleio


Das tuas pernas ágeis e delgadas.



E em duas bocas uma língua..., - unidos,


Nós trocaremos beijos e gemidos,


Sentindo o nosso sangue misturar-se.



Depois... - abre os teus olhos, minha amada!


Enterra-os bem nos meus; não digas nada...


Deixa a Vida exprimir-se sem disfarce!





O meu comentário???





Falar de amor....





Tal como o poeta diz....exprimir-se abertamente...





Falar do roçar dos corpos....o entrelaçar....





Pernas.....braços....sentir bem o desejo....





As mãos na pele quente...os gemidos....





Os beijos......os sorrisos....





O olhar final..cúmplice...e novamente enlaçar....





Acariciar...e novamente despertar o desejo............

7 comentários:

Só Eu disse...

Olá Marta
Tens uma sensibilidade muito acima da média. Escolhes muito bem os poemas e há uma relação forte entre eles.
Belissimo poema do Régio.
Quanto aos comentário já não consigo comentar...Fabuloso!
Beijinho Sanjoanino

Xinha disse...

DEpois de ler os teus comentários... fico sempre sem palavras!

Este texto fala em paixão e na entrega.
Uma bela escolha, e uns comentários à medida! :)

Xi-coração

Pjsoueu disse...

Gosto de visitar o seu "Lugar"
Existe aqui carinho na simultaneidade dos afectos: - Intensos,doces mas empolgantes....

bjs do Pj

Alvaro Gonçalves disse...

Oi meu anjo,

Nada como o amor.
O amor é a eterna essência da vida.
Bjs de luz feitos amor.

RENARD disse...

http://allineedtoleavebehind.blogspot.com/search?q=soneto+de+amor

E mais não digo!

Beijoca! Obrigada pelo café... Espevitou-me... ;)

Mustafa Şenalp disse...

hi
çok güzel site. :)

Jade disse...

Surpreendes-me com os poemas de José Régio, para não falar dos teus comentários que são... perfeitos!
:)
Beijo