domingo, setembro 21, 2008

TRAIÇÃO

Georges Bizert

Habanera, de Carmen


Quero que esta mulher cante

por ser maior o amor que a traição

e o poder do sangue.

O único, o último fascínio.

Quero que esta mulher cante até que não haja vestigio do extermínio.

e só as árvores contemplem

o mal de que fugi.


Amadeu Baptista (Livro "O Bosque Cintilante")


O meu comentário??


Nem sempre é fácil....


Esquecer a sensação de se estar encurralada...


A traição desespera....


Torna-nos irracionais.....


Capazes de atraiçoar...


O amor próprio....


O nosso.....


O amor deve ser superior à traição???


Devia....


As árvores contemplam....


Como se esquecem valores, prioridades....


E nos tornamos amargos.....


6 comentários:

BlueVelvet disse...

O amor deve ser superior à traição?
Se calhar devia.
Mas será que conseguimos? E se não conseguimos tornamo-nos amrgos.
Digamos que é uma escolha difícil.
É preciso amar demais para conseguir perdoar.
Beijinhos e bom domingo

PS: Lindos prémios, ali na lateral:)))

Cadinho RoCo disse...

O amor é maior que tudo, mas há em seu bojo rigor por vezes difícil de ser domado.
Cadinho RoCo

daniel disse...

Marta

O primeiro poema, quanto a mim, encerra uma lição, neste ponto: "o amor é deveras superior à taição"! De facto o amor verdadeiro, pode não esquecer, mas tudo supera!
Vendo o teu belo texto, não partilharás deste ponto de vista.
Também não estarás errada. São tudo pontos de vista!...
Beijos,
Daniel

O Profeta disse...

A traição servida em fria taça...



Doce beijo

Sol da meia noite disse...

O elemento feminino a comandar destinos...
Amor e traição... inseparáveis???

Beijinho *
:-)

f@ disse...

Que o amor maior inventa canções e melodias ... nem se sabe porquê...
beijinhos das nuvens