sábado, novembro 08, 2008

OLHAR EM FRENTE

Camões
Atravessei tantos mares
preso a este parapeito metálico
olhos em frente
Atravessei tantos continentes
antigos de terras vermelhas
oxidadas mar em frente
Agora lembro-me do desenho
duma lagoa turquesa
da profundidade dum azul marinho
Todas descobertas da minha alma
Poemas de Isabelle Lebastard (Livro "Destino de Peixe")


O meu comentário???

Seguir em frente...

Descobrindo a alma...

Redescobrindo o que está sempre presente....

O mar....

A profundidade....

O cansaço que não é cansaço....

Porque se descansa....

Quando se olha em frente......

E se deixa apenas o mar falar....

5 comentários:

blog do dudu santos disse...

Adorei teu blog, sua inteligencia,sensibilidade, sabedoria romântica...temos algo em comum, nasci também em 26 de Maio, moro em São Paulo, mas meu falecido pai viveu no Porto, nasceu em Peniche, uma cidade maravilhosa....
bjo do artista

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Marta, maravilhosa a tua postagem... Votos de bom Domingo... Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Sol da meia noite disse...

Alma que parte à descoberta...!

Que atravessa mares e tantos outros lugares, rumo à profundidade do sentir.

Belo!


Beijinho *
:-)

Multiolhares disse...

mesmo no meio do desalinho da mente encontramos uma lagoa de pureza
beijinhos

AnaMar disse...

E tanto que o mar nos diz...basta saber escutar.
Bj